Uma nova atitude

Obras

Governo retoma obras paralisadas

A atual gestão encontrou quase 800 obras paralisadas pela administração passada no final de 2014.

Apesar do déficit de R$ 7,2 bilhões herdado, o Governo autorizou a liberação de R$ 401 milhões para recuperação, manutenção e projetos para estradas estaduais mineiras.

Em julho, após realizar um amplo diagnóstico do setor, o Governo autorizou a retomada de 52 obras que estavam paralisadas, beneficiando 56 municípios, com investimentos de R$ 463,5 milhões.

Entre as obras que serão reiniciadas estão a conclusão dos hospitais regionais de Governador Valadares, Teófilo Otoni e Juiz de Fora, de presídios e cadeias públicas em Alfenas, Divinópolis, Itajubá e Montes Claros, de escolas, de diversos trechos de rodovias estaduais, além da construção de moradias.

O Governo Mineiro também iniciou a retomada das obras dos terminais metropolitanos de Belo Horizonte. Os investimentos previstos são de R$ 91,6 milhões.

Infográfico

Ainda na área de infraestrutura, a Cemig investiu R$ 520,7 milhões em distribuição, geração e transmissão de energia. Outros projetos, que totalizam R$ 400 milhões, estão em andamento para execução nos próximos meses.

A companhia ampliou, ainda, o alcance de programas sociais, como a Tarifa Social de Energia Elétrica. O cruzamento de dados dos clientes identificou 235 mil famílias que, embora fizessem jus à tarifa social, ainda não haviam solicitado o benefício. Todas serão atendidas, em um trabalho que já está em andamento.

No total, em junho, 769.712 clientes tiveram o benefício, com a concessão de R$ 17 milhões em descontos. No primeiro semestre, os descontos da Tarifa Social totalizaram R$ 99,2 milhões.

Veja o balanço dos primeiros seis meses de Governo, conheça tudo o que foi ouvido e fique sabendo das melhorias para o futuro.